Gente que esclarece

Testes de gravidez vendidos em farmácias são os preferidos dos 69% das mulheres no Brasil

Pesquisas apontam que o teste de gravidez é um dos primeiros recursos procurados pelas mulheres para confirmar a gestação.  Além do baixo custo o resultado é rápido com até 99% de precisão, o que ameniza a grande ansiedade das futuras mamães.

De acordo com a pesquisa realizada pelo site Trocando Fraldas com cerca de 10 mil brasileiras, 69% das mulheres já fizeram pelo menos uma vez o uso do teste de gravidez.

O teste de farmácia com tiras ainda é o mais utilizado por 79% das participantes, enquanto 15% fazem o uso da caneta.

Não só os testes farmacêuticos chamam atenção das mulheres, como também as opções caseiras que tem repercutido na internet. A pesquisa revela que 11% das mulheres já recorreram aos métodos alternativos feitos em casa.

O exame de sangue (beta HCG) embora seja o procedimento mais seguro quanto ao resultado fica atrás do teste de farmácia, utilizado por 69% das entrevistadas.

 Testes mais famosos são encontrados em buscas na internet

Em pesquisas na internet são encontrados inúmeros testes caseiros que prometem confirmar a gestação.

Porém o mais seguro ainda é procurar sempre um médico.

Teste de farmácia pode falhar?

Os testes de farmácia como da tradicional marca Confirme são eficientes; com 99,9% de precisão e ajudam a dar uma prévia no resultado, principalmente se der positivo. Mas o exame laboratorial pode ser solicitado por um médico para confirmar a gestação.

Já a avaliação do sangue e a presenta do HCG, tal como a análise da urina são procedimentos importantes para detectar a gravidez, ou seja, os métodos podem ser utilizados juntos.

Pode ocorrer em raras exceções falhas no teste de farmácia como em casos de gravidez nas trompas, gestação anembrionada, tumores e/ou tratamentos hormonais.

Mesmo com a confirmação do teste de farmácia é de suma importância o acompanhamento de um médico ginecologista e os exames clínicos devem ser realizados frequentemente para garantirem a saúde das mamães e dos bebês.

Sobre o Autor:

Do site:



No Comments

Leave a Reply