Gente que esclarece

Por que as pessoas confundimos os nomes dos filhos?

Já aconteceu com vocês de confundirem os nomes dos filhos? Minha mãe sempre fazia isso e a gente não gostava, mas quando tive minhas meninas vi que não era por querer, porque eu faço a mesma coisa e vejo muitas mães relatando isso.

E olha só que legal, há uma explicação científica.

Um neurocientista da Duke University, Professor David Rubin coordenou um estudo que indica que a mente humana agrupa os nomes de todas as pessoas que fazem parte do nosso rol familiar ou escolar e coloca em pequenos compartimentos, digamos, gavetas para quando precisar buscar as informações necessárias. Tipo como se nossas informações estivessem em um disco rígido armazenados em nossos cérebro, onde existem gavetas denominadas: amigos, alunos, irmão, tios, conhecidos, familiares, vizinhos e assim por diante.

Muitas vezes quando tentamos acessar este arquivo, ou lembrar o nome de alguma pessoa, pode acontecer um pequeno “engano” cognitivo, pois este ser pode ter sido confundido com outro que está incluído na mesma gaveta. Pois ao contrário de um robô, o cérebro humano conta com um elemento emocional que pode afetar o raciocínio, fazendo com que comecemos a falar todos os nomes até chegar ao objetivo proposto. Fazer esta pequena confusão significa que todos os nomes estão armazenados na mesma gaveta e com o mesmo tipo de significação de amor e carinho. Quando uma mãe ou pai, ou avó confunde o nome dos filhos ou netos isso apenas indica que, não existe diferença significativa entre os nomes e que, o amor é de forma igual para todos.

A título de curiosidade: Durante o estudo realizado com mais de 1700 sujeitos, foi constatado que 42% deles confundiram o nome de um parente com o do seu animal doméstico e, isso veio confirmar que, os amigos pets são vistos como membros amados da família.

Sobre o Autor:

Do site:



No Comments

Leave a Reply