Conversa Materna, Empreendedorismo, Gente que esclarece, Maternagem

Empreendedorismo Materno: é possível?

Pra quem não viu, na última sexta-feira saiu uma matéria no Jornal Hoje sobre empreendedorismo materno e saímos mostrando um pouco sobre nossa loja virtual a Puxunga.

Fiquei muito feliz com o retorno da reportagem. Muitas pessoas nos procuraram depois para conversar, pedir dicas e saber um pouco mais sobre como tudo começou, como tomei a decisão de empreender, como foi sair de um emprego estável de mais de 3 anos para começar tudo do zero.

Mais fiquei ainda mais feliz com o carinho e torcida dos meus amigos de vários lugares me mandando mensagem, muitos leitores aqui do blog também, assim como clientes da Puxunga e alunas do Empreender Materno. É muito gratificante!

E também gostei muito dessa matéria, porque mostra um lado do Empreendedorismo Materno que pouca gente fala e mostra. Um lado comum, de muito trabalho e muita batalha. Promessas de que a vida empreendendo depois dos filhos é um conto de fadas não são verdadeiras.

Sou uma mulher, mãe de duas meninas, que ama estar com elas, mas que também precisa pagar contas e que também ama trabalhar. Só peguei isso tudo e condensei em negócios. Hoje temos aqui o Indiretas Maternas, a Puxunga, nossa loja de artigos infantis e o Empreender Materno, projeto que busca capacitar e apoiar outras mães empreendedoras.

Este último, em especial, foi uma forma de agradecer e retribuir as coisas maravilhosas que vêm acontecendo em nossas vidas e trajetórias. Nele, busco compartilhar muito conteúdo, experiências e trazer capacitação de uma forma toda especial para ajudar mais mães a realizarem sonhos e ao mesmo tempo estar mais próximas dos filhos.

Sou uma pessoa como você! Sem grandes recursos para começar, mas com uma imensa força de vontade. Como eu sempre falo nas palestras, o momento perfeito não existe, nós o fazemos. Nós pegamos todo esse amor que nos inunda após a maternidade e geramos negócios com ele. Negócios de sucesso, porque eles nos permitem que estejamos mais presentes na vida de nossos filhos e porque possuem um propósito maior, um modo único de tocar vidas e inspirar pessoas, seja nossa missão qual for.

E respondendo à pergunta do título: não só é possível, como é maravilhoso! Não é fácil, não é da noite para o dia, não é mágica! É trabalho, dedicação, disciplina, mas é muito amor, carinho, liberdade e gratidão.

 

Sobre o Autor:

Do site:



No Comments

Leave a Reply