Gente que esclarece, Rotina e Organização

Dicas para organizar e guardar as fotos da família

Já ouviu a frase que quando nasce uma mãe, nasce uma fotógrafa? Pois é, atualmente temos câmera digital, celular junto com a vontade e infinitas possibilidades de registrar os momentos, o que resulta em milhares de fotos que precisamos organizar e guardar para nós e eles no futuro.

Meus pais tinham que se contentar com os filmes e um número limitado de fotografias, o que me resultou em alguns poucos álbuns, mas que foram guardados com muito cuidado ao longo do tempo. Eu adoro ver e mostrar para as meninas.

Mas como agora a realidade é outras, aqui tem algumas dicas para armazenar todas essas fotos com segurança e o mesmo carinho. ❤

Escolha onde guardar

Existem muitas maneiras de guardar as fotos da família com segurança e praticidade. Você pode imprimir algumas, usar pen drives, hd externo ou armazenar na nuvem.

Particularmente eu não confio em deixar apenas em dispositivos físicos. Deixamos por muito tempo as fotos e vídeos das meninas e nossas apenas em um hd externo, até o dia em que uma amiga perdeu todas as fotografias dela porque roubaram o hd.

Por isso, o ideal seria sempre colocar na nuvem, ou, se preferir, ter um dispositivo físico mas também guardar na “internet”, além da segurança, você tem a comodidade de acessar em diversos dispositivos e ainda compartilhar com outras pessoas apenas com um clique.

Atualmente temos uma gama de sites com esse objetivo, os mais conhecidos são o Google Drive, o Dropbox e o One Drive.

Todos eles possuem um espaço para armazenamento gratuito, mas se a quantidade de imagens for grande, eles também oferecem espaço extra e cobram por isso. Os valores são muito semelhantes entre eles,no Google Drive (é o que a gente usa), por exemplo, a cada 100 GB extra o valor é de U$1,99. Deixo aqui o link de um site você encontra um comparativo dos melhores serviços disponíveis no mercado.

Para arquivos físicos, o mais recomendado é o hd externo, por sua maior capacidade de armazenamento e também pelo custo/benefício.

Sistema de organização

Talvez a maneira mais simples seja dividir as fotos por pastas com o ano e dentro delas separar por meses. Caso ocorra algum evento ou ocasião especial, como aniversários, viagens, batizados, e etc crie pastas dentro dos meses com os nomes das ocasiões. Ficaria mais ou menos assim:

2017

– Janeiro

–Festa da Ana

Dicas para a hora de organizar

Aqui em casa depois de um tempo confiando em armazenar apenas no hd externo, estamos organizando na nuvem e isso está dando um trabalho enorme, por isso, é importante fazer a seleção e o arquivamento das fotos com uma certa regularidade para não acumular. As novas que estamos tirando, por exemplo, já salvamos logo que possível. Mas mesmo assim, incluímos uma tarefa mensal para mexer com as fotos.

Tudo vai depender da quantidade de fotos que você tira, se for muito grande, pare uma horinha para organizar pelo menos umas duas vezes por mês.

Seja qual for sua escolha na hora de guardar as fotos, uma triagem é essencial. Apague as que estão sem foco, ou as que tem as poses muito repetidas ou aquelas que não miram em nada.

Vale a pena imprimir?

Sempre vale. É uma forma diferente e gostosa de relembrar. Na hora de imprimir a triagem precisa ser ainda exigente, se não ficará muito cansativo e você precisará de muito espaço físico.

Há pessoas que colocam em álbuns, outras armazenam em caixas e ainda aquelas pessoas que já imprimem em foto livro. O importante é ter alguma proteção entre as fotos para que elas não fiquem coladas com o tempo e também colocá-las em um lugar seco e protegido da luz e do calor.

Que tal fazer uns quadros?

Emoldurar algumas fotografias é um jeito fofo de guardar algumas fotos mais especiais ao mesmo tempo que enfeita sua casa. A maioria das molduras dá para trocar as fotos de tempo em tempos.

Sobre o Autor:

Do site:



No Comments

Leave a Reply