Gente que esclarece

Autismo: como atividades online e offline podem auxiliar no desenvolvimento cognitivo das crianças com TEA

Cada criança tem suas necessidades e características próprias, que devem ser respeitadas e compreendidas por todos ao seu redor. O pequeno com Transtorno do Espectro Autista (TEA) não foge dessa regra. Porém, antes de trabalhar temas como aceitação e inclusão, é necessário entender o que é o autismo.

O denominado Transtorno do Espectro Autista (TEA), engloba diversos aspectos do desenvolvimento infantil, podendo se dar em maior ou menor grau. De acordo com Lílian Kuhn, em Autismo: O que é e quais são os sinais do TEA, existem três quadros clínicos que englobam o diagnóstico do autismo, são eles: autismo clássico (tipo mais conhecido, em que há um comprometimento nas áreas de interação, comportamento e linguagem, além de relevante déficit cognitivo), o Autismo de Alto funcionamento (ou Síndrome de Asperger: os portadores conseguem se expressar através da fala e são muito inteligentes, acima da média da população) e Distúrbio Global do Desenvolvimento (tem características do TEA, como alteração de interação e comportamento, mas não há um diagnóstico fechado).

Pais e cuidadores podem se atentar a alguns sintomas característicos que podem ser divididos da seguinte forma:

– Interação social: Ausência ou baixa frequência de contato visual, sem interação espontânea com adultos e crianças.

– Comportamento: Repetitivo, estereotipado (dar pulos, chacoalhar as mãos ou se balançar). Ter interesse restrito em temas e brinquedos específicos.

– Linguagem: Ausência ou atraso significativo do desenvolvimento de linguagem oral (compreensão e expressão) e alteração em diversas habilidades linguísticas.

Entender o que é o TEA é também um primeiro passo para desmistificar o transtorno. Existem alguns mitos que permeiam os sintomas do autismo, inibindo a possibilidade de diagnósticos de pequenos que não apresentam claramente estes sintomas. Por isso a busca por especialistas é tão importante para adquirir informações confiáveis o mais cedo possível.

Uma das ferramentas que podem ser utilizadas em prol do desenvolvimento infantil, e que pode auxiliar no tratamento de crianças com autismo, é a tecnologia. ” Os vídeos e desenhos infantis, por serem atrativos aos pequenos, podem ser um meio de aproximar pais e filhos, desde que eles assistam juntos, comentando e compartilhando suas impressões sobre o conteúdo. Ou seja, os meios digitais, assim como outras brincadeiras, devem sempre promover momentos em família, de trocas, em que a relação interpessoal é privilegiada sempre.”, explica Sarah Helena, formada em psicologia, curadora na PlayKids.

Já os livros continuam sendo uma ferramenta importante para explicar o significado de ser autista e todo o universo que permeia essa condição. “A literatura vem abordando o autismo de forma suave e compreensível para aqueles que se enquadram no espectro, para quem conhece ou até mesmo para quem nunca ouviu falar sobre o TEA. As obras destinadas à temática mostram as características presentes no autismo e apresentam formas de conviver com elas, destinadas a qualquer pessoa que tenha interesse sobre o assunto”, finaliza.

Em homenagem ao Dia Mundial da Conscientização do Autismo, celebrado em 2 de abril, a PlayKids, uma das líderes globais em conteúdo educativo para as famílias, preparou uma lista de atividades para estimular os pequenos diagnosticados com TEA. A proposta também de apresentar o tema, para que todos pequenos e adultos entendam um pouquinho mais sobre o mundo azul. Confira!

Livros

Na coleção Mundo Azul, criada pela Leiturinha, maior clube de assinaturas de livros infantis do Brasil, o tema autismo é abordado em todos os livros. No kit, os assinantes recebem os livros A Escova de Dentes Azul (do autor Marcos Mion) e O Menino Só (escrito por Andrea Viviana Taubman) que juntos auxiliam no entendimento e compreensão sobre o autismo, além de mostrar as características presentes no transtorno e apresentar formas de conviver em harmonia com os pequenos.

Atividades online

Hora de Escovar os dentes, ABC’s, conteúdo original da PlayKids

A maioria dos dentistas recomendam que todos deveriam escovar os dentes por pelo menos dois minutos, três vezes ao dia. Para algumas crianças pode ser difícil saber o equivalente a dois minutos. Essa música vai ajudar o pequeno a descobrir o quanto ele deve esperar enquanto escova os dentes junto com Junior.

Não sinto mais tanto medo assim, Eu Amo Aprender, conteúdo original da PlayKids

Ter medo do escuro é uma questão comum entre as crianças. Mesmo para o Theo, a tartaruguinha mais esperta que eu conheço, tem medo do escuro. Chamem as crianças para assistir como o Theo superou esse medo!

Quando eu Durmo, Eu Amo Aprender, conteúdo original da PlayKids

Dormir bem depois de um longo dia de aprendizado é uma das coisas mais importantes que você pode fazer para deixar seu cérebro saudável e feliz! Esse vídeo da PlayKids é o jeito perfeito de mostrar para as crianças todas as coisas maravilhosas que acontecem no seu corpo enquanto você dorme.

Criada em 2013, a PlayKids oferece produtos para as crianças aprenderem brincando tanto no universo online quanto offline, além de proporcionar que pais e educadores acompanhem o desenvolvimento dos filhos e alunos. Fazem parte dos produtos PlayKids, o aplicativo PlayKids, aplicativo da categoria infantil educativa mais baixado do mundo, a Leiturinha, maior clube de assinatura de livros infantis do Brasil, e o PlayKids Explorer, clube de assinatura de atividades educativas.

Para mais informações, acesse: playkids.com.

Sobre o Autor:

Do site:



No Comments

Leave a Reply